Geral

VÍRUS DA GRIPE H3N2 PROVOCA MORTE DE IDOSA EM RIO PRETO

A Secretaria Municipal de Saúde de Rio Preto divulgou nesta quarta-feira, 29, a primeira morte causada pelo vírus Influenza A H3N2.

A vítima é uma mulher com idade entre 80 e 89 anos, que manifestou os primeiros sintomas no dia 19 deste mês. Em 2020 também foi registrado um óbito por Influenza A, mas provocado pela variante H1N1.

A Prefeitura de Rio Preto fez o comunicado após receber o resultado do teste feito pelo Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo, que confirmou a contaminação da idosa e determinou o tipo de vírus da gripe.

“Estamos vivendo um surto de gripe, que está em um pico elevadíssimo nas unidades, tanto públicas quanto privadas, com demora no atendimento. Isso não é por falta de funcionário”, afirmou o secretário de Saúde de Rio Preto, Aldenis Borim.

A gerente do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretária de Saúde de Rio Preto, Andreia Negri, afirma que até esta quarta-feira, 29, foram registrados nove casos da variante H3N2 na cidade.

“A mulher que teve a morte causada pelo vírus já tinha comorbidade e teve seu quadro de saúde agravado pela doença. Assim como os outros casos, a contaminação ocorreu em Rio Preto, conforme o levantamento que fizemos”, explica a gerente.

Todos os nove casos da doença começaram a surgir nas últimas semanas, já neste mês de dezembro. O acompanhamento do número de contaminações tem sido o foco da governo municipal, com monitoramento das situações em que o paciente tem que ser internado.

Como parte da estratégia para combater a proliferação do vírus, a Secretaria recomenda usar máscara facial, evitar aglomeração e higienizar as mãos, cuidados adotados desde o início da pandemia do coronavírus, que também podem ser utilizados para evitar a Influenza.

“Importante que as pessoas, ao sentirem os primeiros sintomas, dor de garganta, febre, procurem rapidamente a rede municipal de Saúde para receber o antiviral. Não menosprezem os sintomas”, afirma a gerente.

Para o infectologista Ulysses Strogoff de Matos, o registro da primeira morte em Rio Preto deve servir de alerta, principalmente para as famílias, que devem aumentar os cuidados na preservação da saúde durante as comemorações da virada do ano.

“Estamos numa época em que as pessoas vão reunir toda a família para o comemorar Ano-Novo, mas é necessário aumentar os cuidados com os idosos, grávidas e crianças, principalmente pessoas comorbidades, que podem ter o quadro agravado após contato com vírus”, alerta o especialista.

Ulysses recomenda que as pessoas não menosprezem os primeiros sintomas da doença, deixando para ir depois aos médicos, porque o caso pode agravar, o que pode reduzir em muito a ação de antivirais. “Por favor, não tomem os antivirais por conta própria.

Procurem primeiro um médico, para que seja receitada a dosagem adequada para cada caso”, conclui o infectologista.

Surtos

O vírus Influenza A H3N2, que tem sido chamado de Darwin, vem se intensificando no País. A variante que está em circulação pode escapar à vacina que foi dada durante a campanha nacional deste ano. A Fiocruz já alertou para o aumento dos surtos da doença no País.

Sintomas

Principais sintomas da gripe H3N2
• febre alta
• dor muscular
• dor de garganta
• dor de cabeça
• coriza
• tosse
• febre

Características
• Incubação: 4 dias
• Manifestação: 2 a 3 dias

Isolamento
• Crianças - 12 dias
• Adultos - 14 dias

Rio Preto
• 9 casos registrados
• Todos contaminados na cidade

Recomendação: ao sentir os primeiros sintomas, procurar um posto de saúde para receber o antiviral – diferentemente da Covid, a Influenza tem medicamentos capazes de curar o paciente

Fonte: Diário da Região

Inscreva-se em nossa NewsLetter