Polícia

TRAVESTI ACUSA CLIENTE DE FURTAR SEU APARELHO CELULAR, APÓS UM PROGRAMA NO BAIRRO PROGRESSO

Durante o fim de semana, uma travesti acionou a Polícia Militar se dizendo vítima de furto. De acordo com ela, um rapaz a procurou na rua, e propôs um programa sexual.

Assim que combinaram como seria o programa, foram ate uma casa abandonada no bairro Progresso, e consumiram o ato.

Depois de efetuado, a travesti disse que o rapaz simplesmente pegou seu aparelho celular, e fugiu do local.

A travesti então chamou a P.M. que fez um intenso rastreamento, mas até o momento não localizou o objeto furtado, nem o autor.

A vítima relatou ainda que o aparelho tem seguro opcional.

O caso agora segue para a Polícia Civil.

Inscreva-se em nossa NewsLetter