Geral

PROFESSORA DE FRUTAL TERÁ ARTIGO PUBLICADO EM E-BOOK LANÇADO PELO INSTITUTO PAULO FREIRE

Muitas pessoas acham que a pandemia foi sinônimo de férias e sossego para os professores da rede municipal de educação. Ledo engano, além de continuarem a lecionar através do sistema on-line, muitos educadores aproveitaram o período de isolamento social para participarem de cursos de capacitação profissional.
Foi exatamente isso que fez a professora da Escola Municipal Coronel Alonso de Morais, Polyana Flavio de Oliveira, que participou de um curso "Mestres do amanhã: fazedores do futuro" oferecido pelo Instituto Paulo Freire de Educação, ministrado por Moacir Gadotti, Professor Titular aposentado da Universidade de São Paulo.


De acordo com a professora, que atua como contadora de histórias na biblioteca da escola, foi o avanço das ferramentas tecnológicas voltadas para a educação que permitiu a participação dela nesse importante curso. “Provavelmente, se fosse um curso presencial eu não teria a mesma oportunidade de participar ou até mesmo de concluí-lo. Mas o avanço da tecnologia e das plataformas digitais abriram um enorme leque de possibilidades e contribuíram enormemente para a qualificação e capacitação dos educadores brasileiros”.


Polyana afirma que escolheu fazer o curso no Instituto Paulo Freire por acreditar no papel transformador e libertador que a educação pode exercer em uma sociedade tão dualista quanto a nossa. “Paulo Freire era um homem à frente do seu tempo, tanto que as ideias e os conceitos defendidos por ele foram pensados há vários anos e ainda continuam modernos e atuais”.


Além de participar do curso, a professora ainda decidiu escrever um artigo intitulado: "Educação brasileira: utopia que nos move a educar para emancipar". O texto ficou tão bom que foi selecionado para integrar o e-book “Mestres do amanhã: fazedores do futuro” que será lançado pelo Instituto Paulo Freire nesta quinta-feira, dia 21 de outubro. Além disso, Polyana foi convidada para participar da live de lançamento da obra. “O artigo não era obrigatório, mas me senti tão inspirada e motivada a fazer algo novo, diferente proporcionando-me benefícios futuros. Ter o meu texto reconhecido e receber esse convite de participar da live só mostra que tomei a decisão correta”.


Mas se a educação é uma utopia, por que Polyana decidiu dedicar a vida a ensinar as crianças? “Porque me considero uma vítima dessa educação dualista brasileira, então para que haja mudança, ela deve começar comigo. E é isso que eu quero fazer, transformar a vida das nossas crianças ajudando a oferecer uma educação de qualidade e emancipadora”.


Você pode assistir a live com a participação da professora Polyana no canal do Youtube do Instituto Paulo Freire nesta quinta-feira a partir das 19 horas e baixar o e-book através desse link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfrB-q04hwNEeqvkKAgVDXHY8yfbmnLOXxNMvA7y26FzHdx4w/viewform

Inscreva-se em nossa NewsLetter